PÚBLICO E PACIENTES

Descolamento de retina

O descolamento da retina ocorre quando a retina se separa da parte posterior do olho, ou seja, quando esta se descola do epitelio pigmentado. Quando se verifica esta situação, as imagens podem aparecer turvas, e podem surgir flashes e moscas volantes (sombras a passar à frente com o aspeto de moscas ou de cabelos)

Os descolamentos da retina poderão ser de 3 tipos:

– Descolamento de retina regmatogénico: ocorre devido a uma rasgadura na retina que permite a passagem do vítreo para o espaço subretiniano;

– Descolamento seroso exsudativo da retina: ocorre devido a inflamação, lesões ou outras alterações vasculares que resultam na acumulação de fluído sob a retina;

– Descolamento de retina tracional: ocorre devido a uma tração entre a retina e o tecido fibroso ou fibrovascular (resulta de inflamação ou neovascularização), levando ao descolamento da retina do epitélio pigmentado.

Alguns Fatores de risco são:

– Lesão ocular ou trauma;

– Alta miopia;

– Antecedentes de cirurgias oculares e descolamentos de retina;

– – Antecedentes familiares de descolamento de retina.

– Idade (maior risco acima dos 40 anos);

– Hipertensão;

– Retinopatia diabética

– Glaucoma;

– Tabagismo;

Um descolamento de retina é indolor, no entanto, poderão existir sinais e sintomas prévios como o aparecimento de objetos flutuantes no campo de visão (manchas, pêlos, teias de aranhas ou moscas volantes), flashes de luzes (fotopsias) e o aparecimento de uma sombra, semelhante a uma cortina que vai aumentando e ocupando o campo de visão.

O diagnóstico é realizado através da observação do fundo do olho, atraves de retinografia ou oftalmoscopia, havendo necessidade de dilatar as pupilas, através de colirios midriáticos, para uma melhor visualização do fundo ocular

O tratmento dependerá do tipo de descolamento, podendo ser:

– Fotocoagulação a Laser

– Identação escleral;

– Retinopexia;

– Vitrectomia.

Um descolamento da retina é uma situação clínica urgente. O diagnótico e tratamento tardio poderão levar a perda de visão irreversível.

É de extrema importância entrar em contacto com um médico oftamologista se suspeitar poder ter um descolamento de retina.

CONTACTOS

COIMBRA

Espaço Médico de Coimbra
Rua Câmara Pestana, n.º 35-37
3030-163 Coimbra, Portugal

Tel.: +351 239 484 348 /Tlm: +351 966 320 022
Fax: +351 239 481 487

E-mail: emc@oftalmologia.co.pt

AVEIRO

Rufino Silva – Clínica Oftalmológica
Av. Lourenço Peixinho, Nº 177-179, 2º andar
3800 – 167 – Aveiro

Tlf.: +351 234 382 847

Tlm.: +351 918 644 767

E-mail: aveiro@oftalmologia.co.pt

FORMULÁRIO

    Insira o código: captcha

    FORMULÁRIO

      Insira o código: captcha

      COIMBRA

      Espaço Médico de Coimbra
      Rua Câmara Pestana, n.º 35-37
      3030-163 Coimbra, Portugal

      Tel.: +351 239 484 348 /Tlm: +351 966 320 022
      Fax: +351 239 481 487

      E-mail: emc@oftalmologia.co.pt

      AVEIRO

      Rufino Silva – Clínica Oftalmológica
      Av. Lourenço Peixinho, Nº 177-179, 2º andar
      3800 – 167 – Aveiro

      Tlf.: +351 234 382 847
      Tlm.: +351 918 644 767

      E-mail: aveiro@oftalmologia.co.pt

      FORMULÁRIO

        Insira o código: captcha

        COIMBRA

        Espaço Médico de Coimbra
        Rua Câmara Pestana, n.º 35-37
        3030-163 Coimbra, Portugal

        Tel.: +351 239 484 348 /Tlm: +351 966 320 022
        Fax: +351 239 481 487

        E-mail: emc@oftalmologia.co.pt

        AVEIRO

        Rufino Silva – Clínica Oftalmológica
        Av. Lourenço Peixinho, Nº 177-179, 2º andar
        3800 – 167 – Aveiro

        Tlf.: +351 234 382 847
        Tlm.: +351 918 644 767

        E-mail: aveiro@oftalmologia.co.pt